Parashat Noah

brown wooden building under blue sky during daytime

Parashat Noah

Por que uma arca? Por que Noah?

Para sobreviver a uma enchente, Noé precisava de um barco. Se dermos uma olhada rápida na descrição da Arca, perceberemos que todas as imagens nos livros infantis que representam a Arca estão incorretas. A Torá diz que a Arca tinha cerca de 300 côvados por 50 côvados, mais ou menos do tamanho de um campo de futebol.

Como dissemos antes, “o mundo foi criado para o bem”. Deus, que não quer nem precisa, criou o mundo para beneficiar os outros com a bondade dele. E o homem, que foi criado à imagem de Deus, deve ser bondoso para com os outros.

As ações do homem antes do Dilúvio – de ser tomador em vez de doador – eram a antítese disso. Portanto, para que o mundo continuasse, um supremo ato de bondade era necessário. Conseqüentemente, a pessoa que salvaria o mundo e seria a semente de um novo mundo após o Dilúvio deveria ser a personificação da generosidade e bondade, sem qualquer expectativa de recompensa. O homem que seria salvo do Dilúvio tinha que personificar essa qualidade.

A Torá apresenta Noé como um tzaddik, um indivíduo justo. Geralmente imaginamos um tsadic como uma pessoa austera e santa, mas, neste caso, somos apresentados a uma abordagem diferente. A justiça de Noé é baseada em sua preocupação e interesse por todas as criaturas, o que por sua vez aumenta sua proximidade com Deus.

Era parte do plano Divino de Noé assumir a responsabilidade pelo mundo. Portanto, em vez de salvar o mundo milagrosamente, Deus deu a Noé a oportunidade de participar da salvação: Noé encontrou um martelo e pregos e construiu a Arca.

A atitude generosa de Noé se manifestou em sua maior intensidade durante o ano que ele passou dentro da Arca: Noé foi responsável por alimentar e cuidar de cada uma das espécies, que era a população remanescente do mundo.

Noah levou a sério essa responsabilidade. Ele estudou os hábitos alimentares de diferentes pássaros para determinar que tipo de vermes cada um comia. E como as espécies comem em horários diferentes do dia, Noé e sua família trabalharam 24 horas por dia para fornecer comida para cada um dos animais no momento apropriado. Ele até trouxe cacos de vidro para alimentar os avestruzes, acostumados a triturar comida no estômago.

Noah mostrou-se à altura da situação e assumiu a responsabilidade por todos. E por este ato supremo de bondade, ele mereceu sobreviver e conduzir o mundo à sua renovação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.